Cópia de Workshop Institucional do CPS Empreendedorismo e Empregabilidade do Egresso

As condições atuais de empregabilidade no Brasil têm se mostrado desfavoráveis aos trabalhadores, com um quadro de elevado nível de desocupação. Dados do IBGE (PNAD-Contínua) mostravam que no primeiro trimestre de 2021 a taxa de desocupação chegou a 14,7% do total da força de trabalho no país, o que representou maior taxa de toda a série histórica do IBGE, iniciada em 2012.

Em 2020, por exemplo, segundo dados da Pnad, o desemprego na faixa etária dos 18 aos 24 anos (correspondente a egressos do IS) ficou em 29,8% contra média geral de 13,9%. Se somarmos com a faixa de 14 a 17 anos teríamos mais de 42,7%. Portanto, o fenômeno do desemprego e a necessidade de empregabilidade é juvenil são temas relevantes para norteamento de políticas públicas. 

Uma das possibilidades de empregabilidade tem sido desenvolvida por meio de ações empreendedoras, uma vez que a economia atual demanda cada vez mais soluções inovadoras. Nesse sentido, é necessário unir, de maneira multidisciplinar, diferentes temas e serviços para apoiar o desenvolvimento de projetos de negócios sustentáveis.

Diante disso, as unidades de ensino do CPS (Fatecs e Etecs) possuem em seu currículo diversas áreas que, combinadas e bem trabalhadas, podem auxiliar na consecução de projetos significativos para o bem-estar da comunidade em geral. Adicionadas as peculiaridades e as características de alguns municípios e microrregiões, vê-se que a iniciativa de levantar indicadores de empreendedorismo contribui significativamente e permite o entendimento das concepções empreendedoras em toda a capilaridade do CPS.

Nesse contexto, o diálogo sobre as concepções teóricas e metodológicas sobre os indicadores de empreendedorismo e de empregabilidade do egresso permitem a promoção de referenciais e a interação com as políticas institucionais das coordenações do CPS. Ademais,  favorecem o melhor planejamento estratégico e o direcionamento das tomadas de decisões quanto à formação dos discentes, à oferta de cursos e ao desenvolvimento socioeconômico das regiões administrativas do Estado de São Paulo.

Faça parte dessa discussão, inscreva-se!

Serão emitidos certificados  de 12 horas, para isso é preciso se inscrever e participar de pelo menos 50% do workshop.

Home